terça-feira, 7 de março de 2017

WIKILEAKS revela planos da CIA e do MI5

Posted by Charles E. on terça-feira, março 07, 2017

WIKILEAKS revela planos da CIA e do MI5 para o controle das smart TV's

A CIA desenvolveu um sistema juntamente com o MI5, para criar nas Smart TVs da Samsung um sistema de bugs a serem ativados mesmo depois de estarem desligadas o que permitia a estas agências espiarem os proprietários das tv's, afirma a organização Wikileaks.






O plano sinistro é apenas um de uma série de técnicas de vigilância supostamente implementadas pelo Serviço de Inteligência dos EUA (CIA) e que hoje foram reveladas em documentos divulgados pela organização WIKILEAKS.

Esta, iniciou hoje uma nova série de revelações de documentos chamados, "Vault 7", e descritos como "a maior publicação de documentos confidenciais da CIA".

A primeira parte dos documentos, chamado "Year Zero", é composto por 8.761 documentos e arquivos de uma rede  de alta segurança, situada dentro do Centro de Ciber-Inteligência da CIA em Langley, Virgina, segundo a Wikileaks.

Wikileaks refere que tem provas que a CIA tem usado tecnologia de consumo, como smartphones, PC's, e até mesmo Smart TV's para invadir contas pessoais e espiar pessoas.

"O Ano Zero" apresenta a direção do programa global de espionagem da CIA, seu arsenal de malwares e dezenas de ataques contra uma ampla gama de produtos de empresas americanas e europeias, incluindo o iPhone da Apple, Android do Google e Windows da Microsoft, e até mesmo televisores da Samsung, que são transformados em microfones encobertos."A crescente sofisticação das técnicas de vigilância é comparada com a que descrita por George Orwell na sua obra, "1984", mas" Weeping Angel " desenvolvido pela Embedded Devices Branch (EDB) associada da CIA, e que infesta as TV's inteligentes, transformando-as em espias encobertas, é certamente a sua realização mais emblemática e que supera em muito o universo Orwelliano."O ataque contra as Smart TVs Samsung  foi desenvolvido em cooperação com o MI5 / BTSS do Reino Unido. Após a infestação, Weeping Angel coloca a TV alvo num modo" Fake-Off ", de modo a que o proprietário acredita que a TV está desligada quando na realidade continua a funcionar e a recolher informação pessoal."No modo" Fake-Off ", a TV funciona como um bug, gravando conversas na sala e enviando-as através da Internet para um servidor secreto da CIA.

Este software malicioso inclui malwares, vírus, trojans, ataques armados de "dia zero", sistemas de controle remoto de malware, e documentação associada, disse.

Wikileaks acrescentou: "Esta coleção extraordinária, equivale a várias centenas de milhões de linhas de código, e dá à agência (CIA) toda a capacidade de hackear onde quiser.

"O arquivo parece ter sido distribuído entre antigos hackers contratados pelo governo dos EUA de maneira não autorizada, um dos quais forneceu ao WikiLeaks partes do arquivo".

0 comentários:

Enviar um comentário

  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin

Search Site