quinta-feira, 30 de março de 2017

ARQUEÓLOGOS DESENTERRAM O PRIMEIRO PAPA. INCRIVEL DESCOBERTA

Posted by Charles E. on quinta-feira, março 30, 2017

O que encontraram pode provar que Jesus nunca existiu.



A descoberta do primeiro papa revela segredos da igreja católica O homem que se pensa ser o primeiro papa acredita-se tenha morrido por volta de 155AD e foi inicialmente enterrado na catedral da cidade de Aquileia. A catedral foi destruida, e o túmulo aberto em 1789, antes de ser transferido e posteriormente enterrado numa capela em 1875.

A notável  preservação pensa-se que tenha sido devido a uma combinação de não haver humidade, de terem sido colocadas plantas dentro do túmulo, e do fato de ter sido enterrado no inverno, permitindo que tenha havido menos decomposição. Os arqueólogos também encontraram numerosos documentos bem preservados, detalhando relatos alternados de eventos-chave e até mesmo alguns que sugerem que o Messias era, de fato, uma invenção criada pelos cristãos da época.



 

Se os documentos encontrados forem classificados como genuínos, pode lançar dúvidas por todo o sistema de fé católica ,que já foi muito danificado nos últimos anos devido a numerosos escândalos. Além dos numerosos relatos conflituantes da vida de Jesus, também estão centenas de outras histórias relacionadas com Outros profetas ao longo dos tempos, muitos dos quais têm impressionantes  semelhanças com Jesus.

Dos documentos encontrados, parece que a vida de Jesus, como a maioria das pessoas sabe, foi em grande parte criada a partir de momentos escolhidos a dedo das histórias de outras figuras messiânicas anteriores da história. A verdadeira vida de Jesus, que a ciência tem apoiado como uma pessoa real, pode ter sido muito diferente, e não como a Bíblia sugere. Algumas das outras figuras messiânicas que antecederam Jesus, e que têm semelhanças impressionantes, incluem Hórus e Mitra, ambos diz-se ter sido a base de algumas das histórias da vida de Jesus.


 

Hórus, o deus egípcio do céu e adorado pela realeza, nasceu de uma virgem, batizada aos 30 anos e teve 12 discípulos. Também foi crucificado e ressuscitou tal como Jesus, milhares de anos mais tarde. Mitra foi um deus de culto romano e também teve um nascimento de uma virgem, e teve direito a uma festa no dia 25 de Dezembro. Os seus seguidores eram marcados com um sinal na testa, e foi associado ao leão e ao cordeiro, Foi sacrificado e teve um dia (domingo) consagrado em sua honra. Séculos antes de Jesus ter nascido, o cristianismo já estava enraizado.

 


0 comentários:

Enviar um comentário

  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin

Search Site