terça-feira, 18 de abril de 2017

MÍSTICO PREVIU INICIO DA III GUERRA MUNDIAL

Posted by Charles E. on terça-feira, abril 18, 2017

O místico Horacio Villegas previu a data exata do início da III guerra mundial. Dia 13 de maio, a data das aparições da Virgem em Fátima (Portugal) e que coincide com a visita do Papa.


 Horácio Villegas afirma ser um mensageiro de Deus, diz que as suas profecias já foram provadas várias vezes. Horacio afirma ter predito a eleição de Donald Trump, a quem ele chamou de "Rei dos Illuminati", e também os recentes ataques dos EUA contra a Síria.

A data prevista por Horatio, coincide com o centenário da visita da Virgem Maria a Fátima, em Portugal. Um assunto que, afirma, não é coincidência. Horatio elaborou a sua previsão: "A principal mensagem que as pessoas precisam de saber para estarem preparadas é que, entre 13 de maio, e 13 de outubro de 2017, esta guerra irá acontecer e acabar em muita devastação, choque e morte!"

Para um conflito, envolvendo a Coreia do Norte tornar-se uma guerra global, dependeria em grande parte de a China decidir apoiar o Norte. Na primeira guerra coreana, o Sul foi apoiado pelos Estados Unidos e o Norte pela China. No fim, porém, a China começou a distanciar-se da Coreia do Norte depois de uma série de discursos inflamadas sobre o oeste e o seu programa de testes nucleares contínuos. As exportações de carvão da Coreia do Norte, por exemplo, foram recentemente proibidas pela China, que se estima ser cerca de 30% das exportações totais do país.




Horatio previu que a guerra seria iniciada com base em informações falsas e que os lados beligerantes seriam influenciados a entrar em guerra com falsos pretextos.

Afirmou ao Daily Star: "A razão pela qual sinto que o próximo ataque de falsa bandeira pode ser durante a semana Santa é porque, assim como Cristo sofreu numa Sexta-Feira Santa, também o mundo está prestes a entrar no seu momento de Sexta-Feira Santa e caberia no cronograma de Deus para o início deste período sombrio na história da humanidade."

Relatos recentes revelam que mísseis russos foram vistos a moverem-se perto da fronteira da Coréia do Norte, com a China, aparentemente a cooperar com a Rússia. 

Uma declaração do Ministério das Relações Exteriores chinês informa que a China está pronta a ajudar a arrefecer o mais rapido possível a situação na península coreana e a encorajar as partes interessadas a retomar o diálogo. "Até recentemente, tanto a Rússia quanto a China consideravam a Coreia do Norte como um intermediário útil entre eles e os Estados Unidos Estados que têm influência sobre a Coreia do Sul. A chave para este trabalho, no entanto, sempre foi manter o Norte estável. Se a China e a Rússia já não vêem o regime de Kim Jong-Un como um governo estável, podem querer ver outro regime instalado por sua própria escolha e sem a influência dos Estados Unidos. Mais uma vez criando uma zona tampão segura. 

Rapidamente a Coreia do Norte está a ficar sem aliados, com a Rússia mais interessada em manter uma zona de amortecimento entre o seu território e os Estados Unidos, e a China aparentemente a querer distanciar-se de qualquer conflito iminente.

O perigo pode ser um acto desesperado por parte do líder norte coreano.


China is ready to coordinate closely with Russia to help cool down as soon as possible the situation on the peninsula and encourage the parties concerned to resume dialogue.” Until recently both Russia and China have viewed North Korea as a useful buffer between themselves and the United States which has influence over South Korea. The key to this working, however, has always been keeping the North stable. If China and Russia now no longer see Kim Jong-Un's regime as a stable government for the country, they may well want to see another regime installed there of their own choosing without the influence of the United States. Once again creating a safe buffer zone. READ MORE: http://www.disclose.tv/news/mystic_predicts_world_war_3_is_going_to_begin_with_a_devastating_false_flag/138577
China is ready to coordinate closely with Russia to help cool down as soon as possible the situation on the peninsula and encourage the parties concerned to resume dialogue.” Until recently both Russia and China have viewed North Korea as a useful buffer between themselves and the United States which has influence over South Korea. The key to this working, however, has always been keeping the North stable. If China and Russia now no longer see Kim Jong-Un's regime as a stable government for the country, they may well want to see another regime installed there of their own choosing without the influence of the United States. Once again creating a safe buffer zone. READ MORE: http://www.disclose.tv/news/mystic_predicts_world_war_3_is_going_to_begin_with_a_devastating_false_flag/138577
China is ready to coordinate closely with Russia to help cool down as soon as possible the situation on the peninsula and encourage the parties concerned to resume dialogue.” Until recently both Russia and China have viewed North Korea as a useful buffer between themselves and the United States which has influence over South Korea. The key to this working, however, has always been keeping the North stable. If China and Russia now no longer see Kim Jong-Un's regime as a stable government for the country, they may well want to see another regime installed there of their own choosing without the influence of the United States. Once again creating a safe buffer zone. READ MORE: http://www.disclose.tv/news/mystic_predicts_world_war_3_is_going_to_begin_with_a_devastating_false_flag/138577

0 comentários:

Enviar um comentário

  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin

Search Site