quinta-feira, 26 de outubro de 2017

WALLMART UNE-SE À 'FEMA'! PORQUÊ? (com vídeos)

Rede multinacional de supermercados Wallmart uniu-se à 'FEMA' (Federal Emergency Management Agency)




Há 10 anos atrás, com o furacão Katrina desvastando Nova Orleans e outras localidades, o Walmart ajudou de maneira 'inesperada' as comunidades afetadas com suprimentos, fornecendo mais de 2.400 caminhões de suprimentos e 100 caminhões de mercadorias doadas.

 

Esse programa foi batizado de "Walmart Disaster Response Team", traduzindo; Equipe de Resposta de Desastre do Walmart, porque 'alegaram' muita lentidão do governo para ajudar as pessoas, pensando eles que o povo americano iria acreditar nessa historia.

 

Agora, e desde a durante a Operação Jade Helm que incluiu membros da polícia (fardados e não fardados) e das forças armadas, simulando ações de socorro e combate durante crises urbanas nas ruas das cidades, chegou ao conhecimento de todos a participação da rede Walmart, disponibilizando as suas lojas como refúgio em caso de caos urbano para os cidadãos, numa parceria com a FEMA, que é um orgão governamental.

 

Começou aqui a desconfiança do povo americano a respeito dessa rede de supermercados.








Recentemente, durante o mês de agosto e setembro, com as intempéries bizarras (furações super potentes) que detonou a Florida, e os estados do sudeste americano, novamente a coisa veio a tona. Todos nós já estamos cientes das ações do HAARP nessas ocasiões, ou seja, criam os desastres, e todos correm paras as lojas em busca de suprimentos e abrigos, e lá, segundo algumas fontes podem estar acontecendo coisas muito estranhas.

 

Para começar, as lojas retiram os suprimentos, ficam vazias, e foi isso que trouxe as suspeitas, além das muitas câmeras instaladas nessas lojas, principalmente no fundo, além das cercas, cercas, e até no teto, os americanos observaram que o fundo de quase todas as lojas estão em reforma, vários vídeos em inglês denunciam isso, e já há denúncias que durante as crises, as pessoas que são 'convidadas' pela FEMA, a entrarem em seus postos fixos (tipo campos de concentração) e móveis (trens, onibus e até navios), para que possam ser ajudados.

 

Mas o que acontece lá dentro é que estão separando homens de mulheres, e colocando chips nas pessoas, pessoas não estão sendo alimentadas, pessoas que entram nesses locais e nunca mais são vistas, principalmente os mais necessitados, e os negros.

 

Qual a verdade por detrás desta parceria? Veja os vídeos e decida.










Sem comentários:

Enviar um comentário