quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

CIENTISTAS ADVERTEM QUE A EXPLOSÃO DE ESTRELAS PODE NOS LEVAR A UMA NOVA IDADE DO GELO (com video)

A explosão de estrelas pode conduzir o planeta a uma nova idade do gelo





Os cientistas descobriram que a explosão de estrelas pode levar a uma nova Idade do Gelo, e advertiram que os raios cósmicos estão afetando o clima na Terra.


Os raios cósmicos, que viajam pelo universo quando uma estrela morre e explode, e atingem a Terra como iões, podem provocar uma nova Idade do Gelo.


As partículas carregadas dos raios cósmicos extraem água e ácido sulfúrico para formar grupos, e quando estes grupos crescem o suficiente, podem formar nuvens.


E à medida que mais nuvens se formam, o clima esfria, o que pode ter um impacto climático nos ciclos de longo prazo, disseram pesquisadores.



Quando as estrelas morrem transformam-se em supernovas


O estudo, que envolveu a observação dos raios cósmicos do sol atingindo a atmosfera da Terra, descobriu que o fenômeno está ligado ao Período Temperado Medieval ao redor do ano 1000 DC e à Pequena Idade do Gelo que se estendeu do século XIII ao século XVII.


Durante a Pequena Idade do Gelo, o Rio Tamisa congelou regularmente durante o inverno.


O Dr. Henrik Svensmark, principal autor do estudo, disse: "Finalmente, temos o último pedaço do quebra-cabeça explicando como as partículas do espaço afectam o clima na Terra.


"Ele dá uma compreensão de como mudanças causadas pela atividade solar ou pela atividade das supernovas podem mudar o clima".



O sol está actualmente no mínimo solar


O Dr. Hamish Gordon, do Instituto para Ciência do Clima e da Atmosfera da Universidade de Leeds, disse: "Este é um resultado interessante e plausível, e se submete a um exame mais detalhado pode ser uma contribuição importante para a microfísica dos aerossóis".


O sol segue ciclos de cerca de 11 anos, onde atinge um máximo solar e depois um mínimo solar. Durante o primeiro, o Sol emite mais calor, e menos no último.


Atualmente, estamos em um mínimo solar, e os pesquisadores dizem que isso levará a um planeta mais frio.


A equipa afirma: "Quando o Sol está mais fraco, magneticamente falando, há mais raios cósmicos e mais nuvens baixas, o mundo é mais frio".



Sem comentários:

Enviar um comentário