sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

ALCATRAZ: OS TRÊS FUGITIVOS AFINAL SOBREVIVERAM? (com fotos)

A polícia recebeu uma carta alegadamente de um dos irmãos a informar que conseguiu escapar do "Rochedo"




Na manhã de 12 de junho de 1962, quatro homens tentaram fugir da prisão de Alcatraz, em São Francisco, nos Estados Unidos: os irmãos John e Clarence Anglin, Frank Morris, considerado o mentor do plano, e Allen West, que desistiu da fuga no último minuto. Ao longo da história de Alcatraz, 36 pessoas tentaram fugir: 23 foram capturadas, seis mortas pelas autoridades e quatro morreram afogadas. Apenas três homens continuaram desaparecidos ao longo de cinco décadas, mas este ano foi revelada uma pista que pode mudar tudo na história da maior fuga de Alcatraz. Um homem que dizia ser John Anglin escreveu uma carta à polícia de São Francisco onde afirma que os três terão sobrevivido à fuga. A missiva foi recebida em 2013, mas só agora é que foi divulgada a informação.


Segundo a BBC, a carta conta que os irmãos John e Clarence Anglin, assim como o recluso Frank Morris, não só sobreviveram à fuga, como ainda viveram longos anos: Clarence Anglin terá morrido em 2008 e Morris em 2005.



A suposta carta enviada pelo fugitivo John Anglin



O objetivo do autor da carta era chegar a acordo com o FBI, uma vez que estava a morrer de cancro: "Se for anunciado na televisão que eu irei para a prisão apenas um ano e que depois terei acesso a cuidados médicos, escreverei de volta a informar do meu paradeiro".


A razão da carta ter sido enviada 50 anos depois da fuga pode justificar-se por esta frase: "Tenho 83 anos e estou doente. Tenho cancro". E pelo fato dos outros fugitivos já terem morrido."



John Anglin, Clarence Anglin e Frank Morris antes da fuga da prisão

 

Depois de escapar de Alcatraz, John Anglin terá vivido em Seattle a maior parte da vida e durante oito anos residiu em Dacota do Norte. Quando enviou a carta, Anglin terá dito que naquele momento vivia no sul da Califórnia.


Segundo a CBS, a polícia de São Francisco demorou cinco anos a tornar a carta pública. Foi entregue à estação de televisão KPIX, sediada em São Francisco, por uma fonte não identificada.


A carta foi enviada ao FBI que testou a sua autenticidade, comparando a letra dos três reclusos, mas o resultado foi "inconclusivo".



Uma das celas de Alcatraz

 

Os familiares dos dois irmãos que fugiram de Alcatraz - estavam presos por assalto a um banco - sempre acreditaram na tese da sobrevivência. David Widner, sobrinho de John e Clarence Anglin, disse à CBS que, enquanto foi viva, a sua avó, e mãe dos dois reclusos, recebeu sempre um ramo de flores não identificado no seu aniversário. E mostrou-se desiludido pelas autoridades não terem informado a família da receção da carta.


"Ele disse que tinha cancro e que estava a morrer. Deviam ter pelo menos avisado a família", disse David Widner.


Também se especula que os dois irmãos foram ao funeral da mãe, vestidos de mulher, apesar da polícia ter destacado vários homens para o local. A baía de São Francisco, que cerca Alcatraz, tem águas geladas e com fortes correntes marítimas. Apelidado de "O Rochedo", era considerado uma das prisões mais seguras do mundo. Era lá que estavam os criminosos mais perigosos e que eram considerados "irrecuperáveis para a sociedade", como Al Capone. Os fugitivos só tinham 8 horas para escapar, entre as contagens de presos, das 9h da noite às 5h da manhã.


As autoridades assumiram que os homens não tinham resistido à água gelada, apesar de terem fabricado barcos com capas de chuvas. Nenhum corpo foi encontrado.



 Vista da 'Alcatraz Federal Penitentiary' no ano de 1930 quando era a prisão nº 1 de segurança máxima dos Estados Unidos

 

 

A fuga foi planeada durante sete meses. Os irmãos Anglin, Frank Morris e Allen West cavaram a parede das celas com colheres. Para esconder o buraco, fizeram grades falsas com papel. Os buracos nas celas davam acesso aos tubos de de ventilação, que desembocavam no teto. A barra de proteção foi cortada com um objeto furtado da sala de música. No último minuto, West desistiu da fuga. Os três homens conseguiram escapar através dos tubos de ventilação e saltaram uma cerca de arame farpado até o mar, com os botes e os coletes que tinham feito com capas de chuva. A polícia só descobriu a fuga na contagem da manhã do dia seguinte.


Alcatraz acabaria por ser encerrada um ano depois da fuga, por representar um custo muito elevado para o Estado norte-americano. Em 1973, foi aberta ao público e permite visitas guiadas.

 

Fonte:  http://www.bbc.com/news/world-us-canada-42826582

Sem comentários:

Enviar um comentário