quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

BAIAE, A ANTIGA CIDADE DO PECADO DO IMPÉRIO ROMANO (com fotos)

Conheça Baiae (Baia), a cidade submersa que foi em tempos a Las Vegas do Império Romano




Baia era a cidade de férias da antiga Roma, uma espécie de Las Vegas, estava localizada a cerca de 30 quilômetros de Nápoles, na costa oeste quente da Itália, um lugar atraente onde os milionários celebravam seus feriados nos finais de semana.


Pessoas de todas as condições do Império Romano, incluindo poetas e generais, se encontraram nesta cidade e nas suas luxuosas praias, com piscinas e pátios com mosaicos.


"Há muitas histórias de intriga associadas a Baia", diz John Smout, pesquisador que colaborou com arqueólogos locais para investigar o lugar.


Circularam rumores que Cleópatra escapou de barco de Baia depois que Júlio César foi assassinado em 44 aC, enquanto Julia Agripina planejava, também em Baia, a morte de seu marido, Claudius, para que seu filho Nero pudesse se tornar imperador de Roma



Baiae, a cidade do pecado, submersa



O lugar, conhecido como Campos Flégreos, pelas caldeiras vulcânicas que salpicam a região, também tinha água mineral e um clima agradável.


O povo daquele tempo pensou que Baia foi destruída porque era uma cidade de pecado. Mas a realidade é diferente.


Por alguns séculos, a actividade sísmica da zona, o terreno arenoso e a liquefação do solo provocada pelas águas termais causada por essa atividade sísmica e hidrotérmica, fizeram com que muita da área de Baia submergisse em uma grande sepultura aquosa, no local onde ainda se encontra hoje.







Estátuas ornamentavam as ruas e casas de Baiae










Mergulhadores descobrem os mosaicos de Baiae





Sem comentários:

Enviar um comentário