quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

DONALD TRUMP DIZ QUE PROFESSORES DEVEM SER DOTADOS DE ARMAS



O presidente dos EUA, pormenorizou que propõe entrega de armas para autodefesa dos criminosos apenas a professores com treinamento especial





O presidente dos EUA, Donald Trump, pormenorizou que propõe entrega de armas para autodefesa dos criminosos apenas a professores que passaram por um treinamento especial e que sabem usá-las bem.


Após o tiroteio em uma escola no estado da Flórida, que provocou 17 vítimas, Trump propôs que se permita aos professores e funcionários das escolas o porte dissimulado de armas para defesa de criminosos armados. Ademais, ele propôs empregar como guardas ex-militares que também sabem usar as armas.



"Eu nunca disse 'Deem armas aos professores', como o afirmam as [que divulgam] fake news, isto é, CNN e NBC. Aquilo que eu disse foi que se estudasse a possibilidade de entregar armas dissimuladas aos professores capazes de lidar com elas, com experiência militar ou aos que passaram por um treinamento especial, só aos melhores. Uns 20% dos professores, no máximo, poderiam abrir imediatamente fogo de resposta caso um maluco cruel venha a uma escola com más intenções", disse Trump no seu Twitter.




 

"Professores bem preparados também seriam um meio de intimidação para os cobardes que o fazem. Muito mais vantagens a preço muito menor que os guardas. Uma escola sem armas é que nem um ímã para as pessoas más. Os ataques parariam!", continuou ele, adiantando que os professores bem treinados "resolveriam o problema de modo imediato, antes de chegar a polícia".


"Medida de intimidação excelente!", escreveu.


Nos EUA, o direito ao porte de arma é garantido pela 2ª emenda à Constituição. O influentíssimo lobby armamentista está se manifestando contra quaisquer restrições à compra de armas, enquanto a maioria dos norte-americanos apoia o reforço do controle.


Hoje em dia, uma condenação, uma doença psíquica e alguns outros fatores podem impedir que um cliente potencial compre uma arma, mas este sistema frequentemente tem falhas, cujo resultado às vezes pode ser fatal.


Ao longo da sua campanha eleitoral, Trump se manifestou contra as restrições à venda de armas.

Sem comentários:

Enviar um comentário