domingo, 11 de março de 2018

CIENTISTAS E MÉDICOS EM ALERTA POR CAUSA DE DOENÇA X


A OMS pôs em alerta cientistas e médicos de todo o mundo por causa de um novo e potencialmente mortal agente patogênico: a doença X





A OMS pôs em alerta os cientistas e médicos de todo o mundo por causa de um novo e potencialmente mortal agente patogênico: a doença X, informou o jornal britânico The Telegraph.



Cada ano, a organização, que se encarrega de monitorar e salvaguardar a saúde mundial, convoca uma reunião de alto nível dos cientistas mais proeminentes para enumerar as doenças que podem provocar uma grande emergência internacional. 


Nos anos passados, a lista tem estado limitada a doenças mortais como a febre de Lassa, que atualmente está alastrando na Nigéria, e o ebola, que causou a morte de mais de 11 mil pessoas durante uma epidemia no oeste da África entre 2013 e 2016.


Um patógeno atualmente desconhecido



Entretanto, neste ano a lista contém um patógeno misterioso. "A doença X representa o conhecimento de que uma grave epidemia internacional poderia ser causada por um patógeno, atualmente desconhecido, que provoca doenças humanas", anunciou a OMS através de um comunicado.



"A história nos diz que é provável que o próximo grande surto seja algo que nunca vimos antes", revelou ao The Telegraph John-Arne Rottingen, diretor executivo do Conselho de Investigação da Noruega e assessor científico do comitê da OMS.



Rottingen explicou que os cientistas planejam desenvolver "plataformas que funcionem para qualquer doença ou um grande número delas” e criar “sistemas que nos permitam tomar contramedidas a grande velocidade". "Pode parecer estranho agregar uma 'X', mas o objetivo é nos prepararmos e planejarmos de maneira flexível em termos de vacinas e testes diagnósticos", sublinhou o especialista.



Como poderia surgir a doença X?



Os avanços na tecnologia de edição de genes, que tornam possível a manipulação ou a criação de vírus completamente novos, significam que a doença X poderia surgir através de um acidente ou de um ato terrorista planificado.


Entretanto, é mais provável que a doença X possa desencadear-se por uma doença zoonótica, que se transmite de animais a humanos e se propaga para converter-se em uma epidemia ou pandemia.



As infeções zoonóticas que causaram estragos no passado incluem o vírus do VIH, que, segundo os cientistas, passou dos chimpanzés aos humanos e já matou 35 milhões de pessoas desde os anos 80.


"É vital que estejamos cientes e nos preparemos. Provavelmente este é o maior risco atualmente", concluiu Rottingen.


Sem comentários:

Enviar um comentário