domingo, 20 de maio de 2018

LUGARES MACABROS IMPRÓPRIOS PARA OS MAIS SENSÍVEIS (com fotos)

"Estrada da Morte", "Porta para o Inferno", "Floresta dos Suicidas" ou "Ilha das Bonecas", estes são alguns dos lugares mais macabros e assustadores do mundo






Só os nomes destes lugares já provocam arrepios de medo. São locais que reúnem vários factores, naturais ou humanos, para que sejam chamados de macabros, assustadores ou terríficos.


Muitos deles são também atracções turísticas. 


Se é daqueles que tem medo de filmes de terror e de historias de fantasmas, pense duas vezes antes de começar a ver estas fotos.




Ilha das Bonecas, Xochimilco - México
Centenas de bonecas e partes de bonecas estão penduradas neste local macabro. Depois de encontrar o corpo de uma menina morta em um dos canais da área, um residente local começou a fazer esta colecção de bonecas na tentativa de afastar os maus espíritos.





Hospital Beelitz-Heilstätten, Beelitz - Alemanha
As paredes deste hospital alemão abandonado têm muitas histórias para contar. Foi um sanatório para tuberculosos, recebeu soldados feridos na I Guerra Mundial, entre eles Adolfo Hitler, foi um centro de tratamento para soldados alemães durante a II Guerra e um hospital militar soviético a partir de 1945 e até à queda do Muro de Berlim.





Capela dos Ossos, Évora - Portugal
"Nós, ossos que aqui estamos, pelos vossos esperamos". É a mensagem que recebem os visitantes desta capela construída no século XVII com o objectivo de passar a mensagem da transitoriedade da vida.





Nagoro, Japão
Esta pequena vila japonesa tem uma particularidade muito estranha: tem uma população de bonecos à escala humana. O trabalho é obra de um dos residentes que começou a fazer estes bonecos em honra dos habitantes que morriam ou iam embora da vila.





Cratera de Darvaz, Porta para o Inferno - Turcomenistão
A cratera de Darvaz está sempre a arder. A explicação para tal fenómeno foi um incidente nos trabalhos de perfuração para encontrar gás natural e petróleo, em 1971. Os gases da cratera foram queimados e até hoje não pararam de arder. Facto que lhe valeu o nome de "Porta para o Inferno".





Pripyat, Ucrânia
A cidade de Pripyat foi evacuada aquando do desastre de Chernobyl e até hoje permanece vazia. Um local assustador mas que é também uma atracção turística.





Jardim de esculturas de Veijo Rönkkönen - Finlândia
O nome deste local surge por causa do autor destas esculturas macabras, algumas feitas com dentes humanos. Veijo Rönkkönen foi um artista finlandês que criou uma série de 200 esculturas assustadoras no seu jardim.





Colina das Cruzes, Lituânia
A tradição de colocar crucifixos nesta colina vem desde o século XIV e continua a ser mantida nos dias de hoje. São mais de 100 mil crucifixos concentrados neste local.





Catacumbas de Capuchin, Itália
As catacumbas por si só são são locais terríveis, mas esta em Palermo é mesmo assustadora. Cerca de 8 mil múmias divididas por corredores compõem o cenário





Caverna Gomantong, Bornéu
Na ilha do Bornéu, esta caverna é conhecida por ser um local nojento, de acordo com aqueles que o visitam. A culpa é da camada de excrementos de morcegos que habitam a caverna e dos muitos insectos que andam por lá.





Haw Par Villa, Singapura
Este parque temático tem figuras grotescas, assustadoras e surreais espalhadas pelo espaço. Um parque de diversões para os amantes do macabro.





Capela dos Ossos, Republica Checa
Devido a uma sobrelotação no cemitério, em 1300, os corpos que iam sendo exumados serviram de decoração para esta capela. O resultado é o que se pode ver na foto ou ao vivo para quem visitar o local.





Floresta dos Suicidas (Aokigahara), Japão
Esta floresta no sopé do Monte Fuji é um dos locais do mundo onde ocorrem mais suicídios. Alguns associam o fenómeno com a presença de demónios na floresta.





Sagada, Filipinas
Aqui, a tradição é pendurar os caixões no alto de penhascos, um verdadeiro cemitério vertical.





Estrada da Morte, Bolívia
Cercada pela floresta amazónica, esta estrada estreita ganhou o apelido de "Estrada da Morte" pelas condições adversas e por ter feito centenas de vitimas mortais que circulavam por ali. Hoje, é usada por aventureiros, ciclistas, motoqueiros e turistas que visitam o local.




Fonte: https://viagens.sapo.pt/viajar/viajar-mundo/artigos/lugares-macabros-improprios-para-os-mais-sensiveis#&gid=1&pid=2

Sem comentários:

Enviar um comentário