quarta-feira, 2 de maio de 2018

O TAJ MAHAL ESTÁ A MUDAR DE COR (com fotos)

Poluição e fezes de animais têm vindo a manchar as paredes do edifício






O supremo tribunal da Índia foi obrigado a intervir, determinando mesmo que o governo peça ajuda de especialistas internacionais. O edifício, originalmente de mármore branco, ficou com uma cor amarelada e agora começa a ganhar tonalidades acastanhadas e verdes.


Os culpados parecem ser a poluição, mas também os insetos, que são atraídos pelo esgoto que termina no rio Yamuna, mesmo junto ao Taj Mahal, e cujas fezes estão a manchar as paredes do monumento datado do século XVII e que é visitado por 70 mil turistas diariamente.


"Anteriormente estava a ficar amarelo e agora está a ficar castanho e verde. É muito sério. Parece que não conseguimos fazer nada. Tem de ser salvo," determinou o tribunal, citado pelo jornal Times of Índia.






Segundo a BBC, os juízes do Supremo Tribunal, examinaram fotografias do palácio que lhes foram enviadas por ambientalistas e ordenaram que o Governo procurasse ajuda "dentro e fora da Índia".


Mascara de lama pode resgatar tonalidade original do edifício


Milhares de fabricas que ficavam perto do Taj Mahal já foram encerradas, mas os activistas garantem que essa medida não está a ser suficiente - o edifício já foi limpo diversas vezes nas ultimas décadas, mas o problema não ficou resolvido e tem vindo agravar.


Uma das ultimas intervenções consistiu em dar um banho  de lama ao monumento, uma intervenção que começou em janeiro e que consiste em cobrir as paredes do monumento com uma pasta de lama que absorve a sujidade, a gordura e os excrementos de animais.


Se espera que depois de lavada com lama, esta limpe a sujidade. A operação estará terminada no final do ano.


O famoso monumento Taj Mahal, foi mandado edificar pelo imperador Shah Jahan entre 1631 e 1648 como prova de amor à mulher, que morreu no parto, e está situado em Agra, Uttar Pradesh.

Sem comentários:

Enviar um comentário